Cursos e aulas  
 

Graduação

Curso de Design (DeDeT/UFMA)

 

Princípios Ergonômicos (60h/Aula)
Programa da disciplina
Apostila
Aulas (.pdf)

Ergonomia e Projeto de Produtos (90h/Aula)
Programa da disciplina
Apostila
Aulas (.pdf)

Ergonomia Informacional e HCI (90h/aula)

 

Equipamento Médico Hospitalar (45h)(eletiva)
Apostila
Aulas (.pdf)

 

 

 

Pós Graduação

 

Especialização (Latu Sensu) em Ergonomia

Unidade Responsável: Departamento de Desenho e Tecnologia (DeDET), Curso de Desenho Industrial.

Forma de oferta: Presencial e modular.

Período de realização: caráter TEMPORÁRIO, com o INÍCIO em Outubro/2010 e o TÉRMINO em Fevereiro/2012.

Periodicidade: o curso acontece em um período de 16 meses, sendo 1 mês de férias. Cabe enfatizar que a periodicidade do processo seletivo será de 1 Mês após o encerramento das atividades de uma turma, incluindo a defesa de monografias.

Carga Horária total: 480hs/aula.

Número de vagas: 35

Disciplinas oferecidas: 1. Introdução à Ergonomia; 2. História do trabalho e da ergonomia; 3. Técnicas e ferramentas para a intervenção ergonômica I e II; 4. Metodologia de intervenção ergonômica I; 4. Metodologia de intervenção ergonômica II; 4. Metodologia de intervenção ergonômica III; 5. Projeto de ergonomia na indústria; 6. Ergonomia e projeto de produto; 7. Ergonomia e projeto da informação; 8. Ergonomia e ambientes físicos I e II; 9. Ergonomia e ambiente construído; 10. Ergonomia e arranjo físico; 11. Antropometria; 12. Biomecânica Ocupacional; 13. Fisiologia do trabalho; 14. Macroergonomia e projeto do trabalho; 15. Ergonomia e gestão da saúde; 16. Ergonomia e gestão da segurança no trabalho; 17. Gestão participativa em ergonomia; 18. Introdução à ergonomia cognitiva; 19. Ergonomia e interação homem-computador; 20. Psicologia do trabalho; 21. Psicologia cognitiva; 22. Deontologia e ergonomia na empresa; 23. Metodologia do trabalho científico.

 

Pós Graduação em Saúde e Ambiente

linha de pesquisa: Ergonomia e Ecoeficiência de Sistemas

Descrição: Reflexão crítica sobre produtos, sistemas e serviços, gerados por meios tecnológicos, voltados para suprir necessidades humanas. Compreende o desenvolvimento de produtos e processos em seus aspectos ergonômicos (envolvendo a saúde, segurança, o conforto e a eficiência quando da realização de atividades de tarefas), ecológicos (envolvendo questões ambientais, estabelecendo correlações entre materiais, processos de fabricação e sustentabilidade) e projetuais (desenvolvimento de projetos de produtos e processos que destaquem a função prática, de uso, e a função ecológica, visando contribuir com a preservação do meio ambiente). Enfoca a interdisciplinaridade como fundamento da práxis para a geração de produtos e processos que se preocupem com o ser humano e o meio ambiente. Conta com dois Núcleos que desenvolvem projetos de pesquisa articulados às disciplinas oferecidas e aos temas de dissertações em Saúde e Ambiente. São eles: Núcleo de Ergonomia em Processos e Produtos (NEPP) e Núcleo de Tecnologia das Madeiras e das Fibras (NTMF), vinculados ao Departamento de Desenho e Tecnolgia (DeDeT) – Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCET). 

Eixos Temáticos:  sistemas de gestão ambiental e certificação; pesquisa sobre produtos eco-eficientes: estudos sobre produtos industriais de baixo impacto ambiental, aspectos culturais envolvidos na adoção de produtos sustentáveis, processos de redução e de remanufatura; estudo e utilização de fibras naturais e materiais locais como matérias-primas para fabricação de novos produtos; Ergonomia em Produtos e Processos- enfocaa saúde, segurança, conforto e eficiência dos usuários/ consumidores/ operadores/ trabalhadores/especialistas em manutenção: intervenção ergonômica, prevenção de acidentes, saúde e segurança do trabalho, dimensionamento de produtos e postos de trabalho – antropometria, constrangimentos posturais – biomecânica ocupacional, Controle Médico e de Saúde Ocupacional, Condições sanitárias e de higiene, Legislação e Litígios, Deontologia; Ergonomia em Sistemas de Informação - abordaa interação homem-tarefa-máquina e o processo comunicacional: linguagem iconográfica e verbal, famílias tipográficas; avisos e advertências, documentos, manuais de instrução, sistemas de sinalização; Ergonomia do Espaço Construído - tratada interação humana com o espaço construído; considerando espaços interiores de trabalho, de serviços e de lazer - circulação, fluxos, comunicações interpessoais, sinalização e acessibilidade integral, além do planejamento urbano (barreiras arquitetônicas, marcadores espaciais, mapas cognitivos e orientação na cidade, sinalização e acessibilidade).

Disciplinas oferecidas: 1. Tópicos especiais em Ergonomia; 2. Materiais e ambiente.